quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Melhores e piores lidos de 2014


Olá, pessoas! Como estão vocês? Depois de muito pensar e ver esse vídeo da Tatiana Feltrin, eu decidi fazer um resumo dos melhores e piores do ano de 2014. Não deu muito certo fazer com as perguntas dela, porque claramente não li tantos livros assim... segundo o skoob minha meta foi 31 livros. Então, improvisei algumas perguntas e voilá aqui minha pequena lista:


Melhor livro do ano: Jane Eyre por Charlotte Brontë

Eu favoritei alguns livros durante o ano, mas sem dúvida esse ganhou um espaço especial no meu coração. Eu já tinha assistido o filme de 2011 e gostei tanto que quis ler o livro mesmo assim. Depois de uma certa luta para achar o livro uma skoober acabou me doando (Muito muito muito obrigada <3) essa belezinha que guardo com carinho para reler em um futuro próximo.  A história é incrível de níveis que não posso tentar descrever, apenas leiam porque vale a pena! 

Não fiz resenha, mas no blog Dany falou um pouco sobre o seriado da BBC aqui.



Pior livro do ano: O dom por James Patterson e Gabrielle Charbounet 

 Esse todo mundo deve conhecer, também faço parte do time que não gosta nem um pouco dessa série. Fiquei com a sensação que os autores quiseram colocar um pouco de tudo que existe de pop em literatura juvenil e resultou em um confuso nada com nada. 

Fiz resenha dele aqui.






Melhor YA do ano: Os adoráveis por Sarra Manning

 Essa capa horrorosa quase me enganou, realmente. Porém, por favor, ignorem esse erro da editora porque o livro é ÓTIMO. A sinopse pode parecer uma história bem batida, mas Sarra tem uma mente maravilhosa e soube desenvolver uma história... adorável. Para aqueles que curtem YA, já deveriam ter lido!

Fiz resenha dele aqui.





Protagonista mais uó: Anita de De volta aos quinze por Bruna Vieira

http://4.bp.blogspot.com/-3YuSCLKDabo/UgpYcTA79_I/AAAAAAAAFWQ/3JOtwUXFpd4/s1600/533982_560753307315113_1426045911_n.jpgDaí a pessoa tem a possibilidade de voltar no tempo e consertar os erros... mas o que acontece? Ela faz PIOR que quinze anos atrás. Para mim soou forçado uma protagonista tão velha (30 anos) destinada ao público da autora, talvez uma personagem mais jovem seria mais condizente. Todo tempo eu só tinha vontade de bater em Anita para ela virar gente logo.

Fiz resenha dele aqui. 




 
Melhores livros nacionais: Por culpa do acaso por Carissa Vieria e A máquina de contar histórias por Mauricio Gomyde
 

Não pude escolher apenas um, porque esses dois foram grandes surpresas literárias para mim. O primeiro, Por Culpa do Acaso, eu acompanhei todo o processo via Wattpad e simplesmente AMEI. Os personagens, a abordagem do tema, a história ambientada no Brasil... Mal posso esperar para ler o spin-off.
 Resenha dupla com Dany aqui, gostei tanto do livro que fiz uma playlist.




Já o outro, A máquina de contar histórias, foi de um autor muito comentado na blogosfera que acabou acertando no meu gosto também! Adorei a forma que ele contou uma história sobre questões familiares, sentimentos, perda, sem ter qualquer vislumbre de romance.
Não vejo a hora de ler outros livros dele.

Resenha dele aqui.





Todo mundo gostou, menos você: Hex Hall por Rachel Hawkins


Por volta de 2011 (?) basicamente todo mundo que lia esse livro AMAVA, acabei ganhando em uma promoção e li 2014. E bem, eu não amei (desculpa, sociedade) e não que eu tenha odiado ou achado péssimo, só achei mais do mesmo, sabe? Já li tantas histórias parecidas ao longo dessa vida que nada, realmente, me chamou atenção.







Melhor conto do ano: Venha ver o pôr-do-sol por Lygia Fagundes Telles

 
 
Eu li alguns contos em 2014 graças a praticidade do kindle, porém esse conto da Lygia foi de um livro (em papel) de contos da autora que eu troquei em um escambo da Biblioteca Pública de Pernambuco. Adorei conhecer a escrita da autora que me encantou bastante, fiquei com mais vontade ainda de ler seus romances.




Autor do ano: Diana Wynne Jones

Quem me conhece sabe que morro de amores pela animação de O Castelo Animado, quando descobri que era, na verdade, uma adaptação fiquei louca para conhecer a história. Como só encontrei o livro em inglês e não quis me aventurar no idioma ano passado, li outro livro da autora que tinha comprado na Bienal de PE, o Vida Encantada (série dos mundos dos Crestomanci). O que falar dessa série que mal conheço e já considero pacas? Cada livro é independente um do outro, você pode ler na ordem OU NÃO. Inclusive, a autora disse que não gostava (ela faleceu) de esperar para saber o que acontece com algum personagem em vários livros, então todas as suas séries têm livros fechados e independentes. <3 A autora é uma referência em livros infantojuvenis, inclusive serviu de inspiração para escritores como J.K. Rowling. 



Surpresa do ano: O lado mais sombrio por A.G. Howard

Eu não esperava gostar tanto desse livro, na verdade, depois de ler o primeiro capítulo minhas expectativas baixaram drasticamente. Daí comecei a ler e após a página 50 não consegui largar mais o livro, espero que a Novo Conceito lance ainda esse ano o último da trilogia.

Fiz resenha dele aqui.







Bônus: O diário secreto de Lizzie Bennet por Bernie Su e Kate Rorick

Eu decidi ler esse livro de última hora no dia 27 de dezembro e para minha sorte, consegui fechar com chave de ouro o ano, pois foi uma das melhores leituras desse ano (e de sobra bateu aquela saudade da web série que tanto gosto). Não vou falar muito, pois em breve terá resenha dele aqui no blog.




Isto é tudo pessoal! Como foram as leituras de vocês em 2014, teve algum que foi especial, o pior, qual gênero leu mais? Conte para nós. :)

2 comentários:

  1. Muito livro que eu quero ler na sua lista.
    Preciso ler Jane Eyre.
    E que surpresa ver meu livro na sua lista. <3
    Beijos,
    Carissa

    ResponderExcluir
  2. Que feio, Larissa, "O dom" é tãooo bom! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Realmente, que livro ruim!!!! Eu gostei bastante do livro do Maurício e tem alguns livros da sua lista que pretendo ler este ano.
    Beijos!

    ResponderExcluir