quarta-feira, 23 de abril de 2014

Lançamento da Série de Romance Hot da Editora Charme

A Editora Charme lançará em Agosto/2014 "Tudo o que Eu Preciso" da série B & S da autora Kimberly Knight. Ela virou série agora que a autora decidiu escrever mais três livros com a visão do personagem principal: Brandon Montgomery, anteriormente era uma trilogia.
Enquanto não chega(para mais ansiedade em nossos corações !!!rsrsrsr), leia e curta a sinopse, a capa é bem sugestiva, não??!!!


Sinopse:
Spencer Marshall estava deprimida.
Depois de pegar seu namorado traindo-a com a secretária, ela decide ter um fim de semana só de garotas em Las Vegas, com sua melhor amiga, Ryan. A sorte deve estar a favor de Spencer, porque o gostoso que tem chamado sua atenção na academia está no mesmo voo que elas para Las Vegas.

Spencer pode até ser chamada de antiquada, mas ela acredita que o cara deve dar o primeiro passo numa relação. Só que este gato não se aproximou dela ainda... até que eles têm uma dança extremamente quente em Las Vegas, que a faz questionar os motivos dele.

Será que seu gato, finalmente, falará com ela ou ele vai continuar com esse joguinho de flertar, que pode não dar em nada? E será que as situações do passado deles os impedirão de dar o próximo passo?

Apesar do que as pessoas dizem, nem tudo que acontece em Vegas fica em Vegas, especialmente quando você malha todos os dias, no mesmo horário e na mesma academia.

Mais Informações Acesse a Editora Charme:

terça-feira, 22 de abril de 2014

Lançamentos Editora Novo Conceito

Lançamentos da Editora Novo Conceito!!!

A Rosa da Meia-Noite, Lucinda Riley
Sinopse:
Atravessando quatro gerações, A Rosa da Meia-Noite percorre desde os reluzentes palácios dos marajás da Índia até as imponentes mansões da Inglaterra, seguindo a trajetória extraordinária de Anahita Chavan, de 1911 até os dias de hoje.

No apogeu do Império Britânico, a pequena Anahita, de 11 anos, de origem nobre e família humilde, proxima-se da geniosa Princesa Indira, com quem estabelece um laço de afeto que nunca mais se romperia. Anahita acompanha sua amiga em uma viagem à Inglaterra pouco tempo antes da eclosão da Primeira Guerra Mundial. Ela conhece, então, o jovem Donald Astbury, herdeiro de uma deslumbrante propriedade, e sua ardilosa mãe.

Oitenta anos depois, Rebecca Bradley é uma jovem atriz norte-americana que tem o mundo a seus pés. Quando a turbulenta relação com seu namorado, igualmente rico e famoso, toma um rumo inesperado, ela fica feliz por saber que o seu próximo papel uma aristocrata dos anos 1920 irá levá-la para muito longe dos holofotes: a isolada região de Dartmoor, na Inglaterra. As filmagens começam rapidamente, e a locação é a agora decadente Astbury Hall.

Descendente de Anahita, Ari Malik chega ao País sem aviso prévio, afim de mergulhar na história do assado de sua família. Algo que ele descobre junto com Rebecca começa a trazer à tona segredos obscuros que assombram a dinastia Astbury.

O Lado Mais Sombrio, A. G. Howard
Sinopse:
Alyssa Gardner ouve os pensamentos das plantas e animais. Por enquanto ela consegue esconder as alucinações, mas já conhece o seu destino: terminará num sanatório como sua mãe. A insanidade faz parte da família desde que a sua tataravó, Alice Liddell, falava a Lewis Carroll sobre os seus estranhos sonhos, inspirando-o a escrever o clássico Alice no País das Maravilhas.
Mas talvez ela não seja louca. E talvez as histórias de Carroll não sejam tão fantasiosas quanto possam parecer.
Para quebrar a maldição da loucura na família, Alyssa precisa entrar na toca do coelho e consertar alguns erros cometidos no País das Maravilhas, um lugar repleto de seres estranhos com intenções não reveladas. Alyssa leva consigo o seu amigo da vida real – o superprotetor Jeb –, mas, assim que a jornada começa, ela se vê dividida entre a sensatez deste e a magia perigosa e encantadora de Morfeu, o seu guia no País das Maravilhas.
Ninguém é o que parece no País das Maravilhas. Nem mesmo Alyssa...

O Retrato,Charlie Lovett
Sinopse:
1995. A morte precoce de Amanda Byerly foi um golpe duro, que encheu de tristeza o coração de seu marido, Peter. Mais introspectivo do que nunca, ele decide deixar os Estados Unidos e se instalar na Inglaterra, onde passa a se dedicar à recuperação e à negociação de livros raros.
Em um de seus dias de pesquisa solitária, Peter se depara com o retrato de uma jovem muito parecida com sua amada esposa, guardado dentro de um livro. A semelhança impressiona, mas a aquarela foi pintada há muito, muito tempo. Trilhando um sinuoso caminho entre a era vitoriana e o final do século XX, Peter passa a investigar a origem do misterioso retrato. As pistas acabam por levá-lo a se envolver em um mistério histórico: uma obra perdida do dramaturgo William Shakespeare.

O RETRATO é uma fascinante mistura de suspense e paixão que nos convida a viajar no tempo, no rastro de histórias sobre livros.
Vinte Garotos no Verão, Darah Ockler
Sinopse:
Quando alguém que você ama morre, as pessoas perguntam como você está, mas não querem saber de verdade. Elas buscam a afirmação de que você está bem, de que vocêaprecia a preocupação delas, de que a vida continua. Em segredo, elas se perguntam quando a obrigação de perguntar terminará (depois de três meses, por sinal. Escrito ou não escrito, é esse o tempo que as pessoas levam para esquecer algo que você jamais esquecerá).
As pessoas não querem saber que você jamais comerá bolo de aniversário de novo porque não quer apagar o sabor mágico de cobertura nos lábios beijados por ele. Que você acorda todos os dias se perguntando por que você está viva e ele não. Que na primeira tarde de suas férias de verdade você se senta diante do mar, o rosto quente sob o sol, desejando que ele lhe dê um sinal de que está tudo bem.

Para mais informações acesse a Editora Novo Conceito

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Resenha: Rocked Under, Cora Hawkes

Emma vai morar com sua prima para assim frequentar a faculdade, longe da casa de sua mãe, ela decide ir em busca de seu sonho e a música estar em seus planos.
Tudo estava de acordo com seus planos até conhecer Scott, o vocalista de uma banda de rock, que abala o mundo de Emma. Ela percebe que o rock star também tem uma atração por ela, mas ele é um cafajeste que foge de relacionamentos e Emma decide dizer não.

Este livro é do gênero New Adult, e ainda não foi publicado no Brasil. A estória se passa com os personagens na universidade acima de 19 anos. A narrativa é bem fluída e tão contagiante que o leitor não consegue parar de ler.
Scott é o famoso badboy, que canta na banda e todas as mocinhas se derretem por ele. Aos poucos vamos conhecendo mais dele e percebemos o quanto seus pais foram ausentes em sua vida, desencadeando a personalidade de Scott.
Emma foi mimada desde criança, com a separação de seus pais ela se tornou uma garota problemática, chamando atenção sempre que pode. As atitudes imaturas desta personagem irritam um pouco no início do livro, mas com a leitura entendemos o comportamento de Emma e sua difícil relação com seu pai.
A autora vai criando várias situações que aguçam o leitor a querer saber o que vai acontecer no próximo capítulo, e deixando o leitor ciente de que o final pode ser qualquer possibilidade. A maneira como os problemas são resolvidos são bem críveis e acompanhamos o amadurecimento dos personagens à medida que vão superando suas dificuldades e diferenças.

A estória tem um desfecho satisfatório, não tendo gancho para um livro posterior, acredito que a autora fechou bem a narrativa. Porém parece que é uma série e a cada livro tem protagonistas diferentes. Recomendado para todos que gostam deste gênero.

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Momento Romance de Banca #5: A Paixão de Liz, Sherryl Woods

A professora Elizabeth Gentry, já estava perdendo a paciência com o pai de Kevin, ele nunca aparecia na escola para falar sobre os problemas do aluno que mais dava trabalho na sala de aula. Porém a estória é bem mais complicada do que se imagina.

A Profª Liz sempre amou seu oficio de educadora, principalmente depois de uma tragédia que acontecera na sua vida, que a fez focar toda sua atenção e concentrar toda a sua energia em educar. Kevin é um menino de 10 anos bastante travesso e que tinha suas notas despencando consideravelmente, tanto que Liz achou muito estranho que ele ter conseguido passar de ano.
Cansada de mandar bilhetes e telefones não atendidos, a determinada professora resolve ir até o local de trabalho de Todd, o pai de Kevin, e resolver esta situação antes que chegue a medidas extremas. O encontro entre os dois não poderia ser menos tenso do que numa obra de construção enorme que Todd está como empreiteiro, faísca saem para todos os lados quando estes dois conversam e muito mais desta estória ainda vai acontecer.

Sherryl Woods, me conquista desde o início com sua narrativa envolvente, fluida e até sagaz. O que mais gosto nas estórias dos romances desta autora é como ela dá importância à família, em mantê-la unida em meio a muita tristeza ou até mesmo reconstrui-la do zero. Neste romance temos dois personagens bem sofridos de maneiras diferentes. Todd é muito arrogante e muitas vezes sem tempo para seu filho que sente muito esta falta já que sua mãe os abandonou desde muito novinho. Todd muitas vezes é muito bruto o que atrapalha bastante o relacionamento pai e filho, ele esconde um segredo que se envergonha muito e aumenta a problemática deste personagem. Liz Gentry é uma professora dedicada e muito gentil, a não ser que a pessoa que ela tenha que lidar seja Todd, então ela o trata com rispidez e frieza. Elizabeth tem seus motivos, é uma mulher muito triste desde que uma fatalidade marcou sua vida, ela não consegue voltar a ser como antes, então toda vez que vê seu espaço ser invadido ela se fecha em sua fortaleza emocional sem nenhuma brecha, que certamente o pai de uma aluno muito querido dela, quer derrubar estas barreiras.

O romance é leve, porém com passagens de carga emocional bem pesadas que te faz refletir sobre a vida, orgulho e questões familiares bem cotidianas.

Quote:
“-Ligo pra você amanhã – Prometeu ele.
-Não precisa.
-Lembre-se de que ainda precisamos falar sobre Kevin.” Pág.: 111

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Editora Charme, apresentando seu lançamento: "Absoluto" de M. S. Fayes


Apresentando a mais nova Editora do Mercado literário: "Editora Charme", voltada para o público feminino trazendo seus Romance "Hots" de que muita de nós gostamos, além de New Adults, Young Adults!!!!
Em sua grande estréia e apoiando nossos autores nacionais, a Editora apresenta: "Absoluto" da autora M. S. Fayes.

A autora nasceu em  Brasília e desde cedo sempre teve paixão pelos romances. No início disponibilizou seus contos no blog, depois com muita audiência com os leitores lançou o livro "Tapete Vermelho" (Sinopse Skoob), e agora em parceria com a Editora Charme ela lança em primeira mão, seu livro de romance "hot": Absoluto.
Sinopse - Absoluto - Trilogia da Lei #1 - M.S. FayesEla era um fenômeno, como estudante de direito. Ele era o advogado mais temido do estado. Prestes a se formar com honras, Kate se viu imersa no mundo do Direito civil, antes mesmo de estar com seu diploma em mãos. Conhecendo o trabalho do Dr. Gabe Szaloki, ela foi pega, inesperadamente, em uma onda avassaladora de atração, mas ainda assim relutou a se permitir viver esse tórrido romance. Porém, Gabe não era imbatível apenas nos tribunais. Ele queria Kate a qualquer custo e mostraria a ela porque ele sempre saía vitorioso em seus casos. Em meio a casos jurídicos, os dois se enfrentam em um duelo de palavras, que serve apenas para acender a chama incandescente que Gabe sente por Kate. Kate se vê seduzida pouco a pouco pelo poderoso advogado, entregando seu coração de maneira despretensiosa. Maquinações invejosas, um conflito e um mal entendido fazem com que os dois se afastem. E quando a verdade vem à tona, Gabe tem que provar que seu amor por Kate é simplesmente absoluto.
Fonte: Skoob


Editora Charme AQUI
Facebook da autora M. S. Fayes AQUI

domingo, 13 de abril de 2014

[RESENHA] A menina que fazia nevar - Grace McCleen


Primeiro livro dessa autora que eu li. Ganhei em uma promoção da editora Paralela no ano passado, e só nesse mês que eu resolvi lê-lo.

Pense em uma historinha leve, com linguagem poética e cheia de fofuras. Judith, a protagonista de dez anos do livro, recebe uma bela dádiva dos céus. Deus passa a conversar com ela e a conceder a menina o dom de realizar milagres.

A trama é muito bem feita, rápida, sem enrolação. A construção do pensamento, de ideias e conceitos super complexos são simplificados pela autora, a um nível que qualquer criança entende. Deus, milagres, amor, perdão, poder, Armagedom, profecias... e fé. Coisas tão difíceis de se explicar, e Judith com sua maquete feita de sucata nos faz entender e refletir sobre tudo isso.

Esse é um livro que te engana. Ele parece bobo, parece simplista, parece maluco. Mas ele é complexo, ele ensina e educa, ele te prega coisinhas na cabeça, que depois são difíceis de sair. Como diz mesmo na capa (muito fofa, por sinal) "Transbordante de tensão e ternura, este romance é em si um pequeno milagre."

E o final, surpreendente! Dá medo, dá pena, dá dúvida. Do tipo de final que vem semi pronto. Você e seu próprio repertório de vida é quem vai moldar e fechar a história. Acreditar ou não, duvidar, pensar, pensar, pensar... Lindo. Leve e gostoso de ler! Indico mil vezes. <3

QUOTES:
"Milagres não têm que ser coisas grandes e podem acontecer nos lugares mais improváveis; os milagres dão mais certo com as coisas simples. Paulo diz: 'a fé é a garantia dos bens por que se esperam, a prova das realidades que não se veem', e se a gente tiver só um pouquinho, outras coisas vão acontecer também. Às vezes mais do que sonhamos."
"Porque a fé é igual à imaginação. Ela vê uma coisa onde não há nada, dá um salto e de repente você está voando."
"...então comecei a falar com Deus. Sempre achei que era só uma questão de tempo até Ele responder. Pensava nisso como uma chamada telefônica de longa distância. A linha era ruim, havia passarinhos sentados em cima dela, caía uma tempestade, então eu não conseguia entender o que a outra pessoa estava dizendo, mas nunca duvidei de que, no fim, iria ouvir. Aí um dia os pássaros saíram voando, a chuva parou e eu ouvi."
"E foi assim que aprendi que tudo é possível (...). Se você acha que não, é só porque não consegue ver como está perto, como só precisa fazer uma coisinha que tudo vai começar a acontecer para você. A fé é um salto: você está aqui, a coisa que você quer está lá. Há um espaço entre você e ela. Você só tem que saltar. Andar sobre as águas, mover montanhas e trazer os mortos de volta à vida não é difícil. Você dá o primeiro passo e o pior já passou, você dá o seguindo e já está na metade do caminho."

PS: O título original do livro, "The land of decoration" também é bem fofo, não é? E a recomendação "Este conto extraordinário me agarrou bem pela garganta."

 



Aldrêycka Albuquerque

Momento Romance de Banca #4: Coração Eterno, Linda Howard

Sarah Harper sempre foi uma mulher tranquila e aparentava grande interesse que sua carreira profissional decolasse. Mas isso era só uma aparência o que ela realmente queria era o amor de um homem inalcançável, filhos e uma casa para cuidar. Simples, não acham? Mas para Sarah, fácil estava longe da sua jornada.

Diane e Sarah sempre foram amigas inseparáveis desde cedo, mas quando Diane se casa com o único homem que Sarah amou, Rome Mathews, a vida de Sarah se tornar vazia e sem proposito.
O tempo passa e uma terrível tragédia acontece, Diane e os filhos que teve com seu marido morrem num acidente de carro. Por dois anos Rome não vê sentido na vida de se torna cada vez mais amargo. E durante todos esses anos Sarah manteve seu amor escondido, nunca diminuindo-o, mas crescendo dia após dia. E depois deste acontecimento, será que ela terá coragem de confessar seu amor e arriscar perder a pouca amizade que tem com Rome? E ele será que sempre foi indiferente a Sarah?

Linda Howard tem uma maneira excelente de conduzir suas estórias, em Coração Eterno ela introduz os protagonistas, desnudando-os, analisando seu comportamento, desejos e segredos. E claro começa a construção dos relacionamentos de maneira concreta e com base.
Se tem uma mocinha mais sofrida desses romances da Linda, essa é Sarah. Ela sofre muito, claro que tem seus momento de alegria, mas a autora consegue passa durante a leitura toda a angustia da personagem com seu amor controlado na medida do impossível(é muito difícil mesmo o que ela passa), e a base de muita insegurança com os altos e baixos de seu relacionamento com o protagonista.
Rome Mathews, é um homem sério, casou-se logo com a mulher que teve certeza do amor e rápido formou sua família. Depois da tragédia esse personagem fica muito amargurado passa seu período de luto, mas vê em Sarah uma chance de poder viver novamente. Certas atitudes dele durante a narrativa me deixaram com puro ódio dele, embora sua reação nada mais é que consequência pelo que ele passou, mas ele optou em seguir em frente. Mas tudo bem o Sr. Mathews me conquistou e foi perdoado!!!(risos).
O desenrolar dos protagonista é bem satisfatório e faz você torcer até o final. O romance é ambientado nos anos 80, percebi pela falta de celular(risos), o lançamento deste livro foi em 1985.

A narrativa é deliciosa e envolvente, não descansei até terminar a última página com gostinho de quero mais, realmente merecia um epílogo. Os personagens são cativantes, principalmente por serem humanos demais, o que conquista leitores românticos deste gênero.

Quote:
“Não era apenas atração física, percebeu de repente. Podia conversar com ela. Sarah era inteligente, divertida, além do mais se quisesse podia ficar calado, porque ela possuía uma serenidade que tornava o silêncio possível. Sempre que olhava nas sombras dos seus exóticos olhos verdes, tinha a impressão que ela entendia tudo, sem precisar palavras.”    Pág.: 45