segunda-feira, 21 de julho de 2014

Resenha: Nua, Raine Miller

Brynne é uma estudante que se mudou para Inglaterra para estudar sua pós-graduação. Morando lá para pagar as contas, Brynne posa para ser fotografada sensualmente, nua. Estava tudo bem até Ethan Blackstone comprar uma de suas imagens.

Esse livro é o primeiro de uma trilogia de nome “O Caso Blackstone”, no Brasil todos os livros desta trilogia foram lançados, porém o último ainda está em pré-venda.
A narrativa da autora é muito boa, o leitor nem percebe quando já acabou o livro, porém é um livro introdutório e muitas coisas ficaram em aberto. É uma estória sem muitas perspectivas, a autora começa a descrever os sentimentos e aflições de Brynne, mas sem revelar muita coisa, mas você leitor já prevê o que seja. A protagonista, parece ter passado por um trauma muito grande e pelas situações em que a faz lembrar dos acontecidos foi algo realmente grave.
Ethan aparece em sua vida, sendo um empresário no ramo de segurança, existe aquela atração desenfreada entre ele e Brynne que eles não resistem e acabam cedendo a esta paixão. O personagem do Ethan Blackstone, quase não é apresentado, não ficamos sabendo absolutamente nada dele, tudo nos é apresentado pelos olhos da protagonista e como ela não sabe nada dele, o leitor também não fica sabendo.
Ao longo da leitura há muitas cenas de sexo, de tirar o fôlego, realmente os personagens tem muita química, mas o que me incomodou foi não saber quase nada do Ethan, que espero que seja revelado sobre sua vida no próximo livro.

Como este livro é introdutório, não ficamos sabendo de muita coisa, porém é uma trama que te prende do início ao fim. Um bom livro de entretenimento que te faz querer desesperadamente pelo próximo volume.

Quote:
“Mesmo que quisesse negar o beijo, dizer não ao Ethan era quase impossível. Eu sempre o queria. Ele apertava todos os meus botões certos, e essa era a razão pela qual ele era tão perigoso.” Pág.: 74

sábado, 19 de julho de 2014

Romance de Banca #15: Ameaças e Promessas, Barbara Delinsky

Lauren procura um novo começo, com pensamento positivo de que tudo agora vai dar certo e ser feliz, porém coisas estranhas e perigosas começam acontecer em sua vida e ela se ver sem saída. Mas então aparece Matt que pode ser sua tábua de salvação, será? Ou é mais um que vai leva-la a infelicidade já tão conhecida dela?

Eu nunca tinha lido nenhum livro desta autora e confesso que quando o vi, comprei-o sem nem mesmo ler a sinopse. Bem, o começo do livro é bem confuso, e o prólogo confunde você mais ainda. Eu continuei porque queria saber onde tudo isso ia dar, realmente a narrativa desta autora instiga você a continuar a leitura e descobrir realmente o que estava acontecendo, o que o vilão da estória estava a procura, se a mocinha, é na verdade a mocinha? E se o herói esta ali para salvá-la ou é mais um vilão querendo seu fim.
A única coisa boa de toda esta confusão é que você acaba desconfiando de todo mundo, e aposta suas fichas em quem esta falando a verdade, ou em quem esta mentido.
Pois é, terminei o livro cheia de dúvidas, a Barbara deixa a estória para o leitor interpretar, o que não é nada bom numa trama de conspirações que você quer saber quem esta falando a verdade e quem está mentido e destruindo tudo. Lauren é uma personagem cativante, ao ler você quer protege-la das armadilhas que lhe são impostas, ao mesmo tempo você não sabe ao certo se ela está falando a verdade, embora do meio para o final você a conhece bem melhor e toma consciência de suas atitudes e de sua personalidade. Mas então chega o galã da estória Matt Kruger, eu não entendi muito bem o papel dele na estória, teve momentos que não sabia de que lado ele estava e teve um episódio que não entendi e fiquei aguardando a explicação que não veio. Porém no mais eu gostei do Matt ele é aquele másculo herói de romance de banca que no início não quer se apegar, mas vai mudando conforme seu relacionamento com Lauren vai ficando mais intenso.

Como romance gostei da narrativa e do andamento do relacionamento, mas como trama de conspiração deixou a desejar, a autora deveria ser mais clara e objetiva, e claro responder todos os questionamentos da estória. Enfim um romance sem pretensões que não o indico totalmente, mas se quer pela estória do romance vale a pena.

Quote:
“Novamente, ela vacilou e parou. Mas a hesitação foi apenas momentânea. Sabia o que queria, sabia do que precisava. Murmurando um agradecimento por ter recebido uma segunda oportunidade, continuou a correr.” Pág.: 109


quinta-feira, 17 de julho de 2014

Maratona Literária 3.0

Ola!!!
Está chegando a Maratona Literária 3.0!!!!
Ela consiste em você desafiar-se a ler mais livros durante uma semana, se você ler apenas 1 que tal tentar 2? Ou até ler maior número de páginas, se você ler 50 páginas por dia, tentar ler 100 páginas por dia.
O Palavras Prolíferas participou da Maratona Literária anterior( eu Dany, fui um fracasso total rsrsrsrs, mas a Larissa se deu bem em suas leituras).

Período da Maratona: 21/07/2014 até 27/07/2014.

Para participar é fácil veja mais sobre a Maratona clicando AQUI E faça sua inscrição AQUI
Lembrando que você não precisa ser blogueiro, só precisa divulgar sua meta abertamente no Facebook ou Skoob.

Meta da Dany:

*Entrega Total, Raine Miller
*Oferta Tentadora, Susan Mallery
*Minha Vez de Brilhar, Erin E. Moulton

Meta da Larissa:

*Boneca de Ossos, Holly Black
*A Máquina de Fazer Histórias, Mauricio Gomyde
*Calafrio, Maggie Stiefvater

 Pronto!! Estão todos preparados?? Esperamos que todos consigam atingir suas metas e claro o mais importate se divirtam!!!!!!

Boa Leitura!!

terça-feira, 15 de julho de 2014

Novidades Editora Charme: O Destruidor de Corações

Ola!!
Este é o novo lançamento da Editora Charme, que está em pré-venda no site AQUI
A Editora é conhecida com seu conceito voltado para o público feminino e bem Hot, sinceramente aguardo ansiosa a leitura deste livro!!!!

O Destruidor de Corações, Vi Keeland
Sinopse:
Não importava que o árbitro tivesse considerado que aquele tinha sido um golpe limpo. Nico Hunter nunca mais seria o mesmo. Elle tem uma boa vida. Um trabalho que ela ama, um apartamento grande, e o cara que ela está namorando há pouco mais de dois anos é um ótimo partido. Mas sua vida é chata... e ela se esforça para mantê-la assim. Muitas emoções são perigosas. Seu próprio passado é a prova viva do que pode acontecer quando você perde o controle. Então Nico entra no escritório de Elle e tudo muda... para ambos. Mas o que o lindo lutador de MMA, tatuado e com um corpo de tirar o fôlego pode ter em comum com uma advogada muito controlada? Muito mais do que eles esperavam. Um romance Best-seller do New York Times e USA Today.

Sobre a autora:
Vi Keeland é nova-iorquin​a, ​mãe de três filhos, que ocupam a maior parte​ do seu tempo livre, o que ela reclama muitas vezes, mas não ​trocaria por nada nesse mundo. Ela é um​a​ leito​ra ávid​a e ​é conhecida ​por ler ​em​ seu Kindle ​ao parar ​em semáforos, ​salões de beleza, ​enquanto limpa a casa ou durante suas caminhadas, ​em​ eventos esportivos e, freqüentemente, enquanto finge trabalhar.
​Ela é um​a​ advogad​a​ chat​a ​de dia e uma emocionante ​autora Best-Seller do ​New York Times e ​USA Today à noite!
​Site da autora: http://www.vikeeland.com/

Mais informações, acesse o site Editora Charme

domingo, 13 de julho de 2014

Resenha: O Começo de Tudo



Robyn Schneider
Editora Novo Conceito
288 páginas


Eu não iria ler esse livro, caro leitor, o interesse surgiu depois de um comentário no instagram sobre ele lembrar os livros do John Green. E como gosto dos livros dele, embarquei na leitura sem nenhum conhecimento da sinopse e acabei me surpreendendo (mas nem tanto assim). Vamos lá!

Os começos podem nascer em finais trágicos, e Ezra Faulkner acredita que todos nós temos nossa tragédia particular e depois disso a vida muda de rota. E a dele aconteceu. Ezra deixa de ser o garoto popular, boa pinta e esportivo para encontrar no seu antigo amigo (que também passou por sua tragédia) um espaço na mesa dos losers. É aí que Ezra conhece Cassidy, uma garota fora do comum, estranha, inteligente, melancólica e misteriosa... Antes que ele pensasse, estariam envolvidos em algo maior que imaginava.

A autora investe em referência a cultura pop (Citou até The Princess Bride! muito amor pra ela <3) com personagens divertidos e sarcásticos, apesar da escrita dela não foi tão singular quanto esperava, ela cumpriu seu papel e escreveu uma história agradável de ler.

Foi um livro que gostei logo de cara e ele tinha tudo para ser ótimo, Schneider começou de forma interessante, entretanto/contudo/todavia, o caminho que ela toma para o desenvolvimento da trama foi desnecessário e maçante. Foi aí que o livro perdeu alguns pontos comigo, outro detalhe é ele ter 288 páginas, mas poderia muito bem ser mais curto... Resultado: fiquei desanimada com a leitura até chegar o final, que felizmente deixa uma sensação de “agora tudo faz sentido”. É um bom YA, valeu a pena lê-lo e recomendo a leitura pra quem curte o gênero.






sexta-feira, 11 de julho de 2014

Momento Romance de Banca #14: Inesperado, Susan Mallery

Kane, chefe de segurança, acha até engraçado quando Willow Nelson, uma jovem aparentemente inofensiva invade a mansão de seu patrão querendo satisfação, segundo ela defendendo sua irmã. Mas Kane deveria se preocupar com suas próprias defesas, pois Willow é uma linda jovem apaixonante que ameaça a paz de espirito de Kane que tinha tudo sobre controle.

A autora tem uma narrativa leve, super divertida e apaixonante. Seus protagonistas são bastante carismáticos, Kane Dennison, sempre muito reservado e aparentemente durão, tem um passado bem conturbado, cheio de decepções que o fez tomar certas precauções para não se apaixonar ou deixar mais ninguém invadir seu espaço e seu coração.
Ele não contava com a doce e divertida Willow Nelson, sempre muito superestimada por seu pai, ela não se dar o devido crédito, e age impulsiva e meio atrapalhada. Ela vinha tomando decisões desastrosas que só lhe causavam problemas. Mas depois que começa um “relacionamento” com Kane(se é que pode se chamar disto, mesmo ele negando), você acompanha o amadurecimento de Willon, e o que mais gostei foi que ela não perdeu seu encanto, nem sua personalidade brincalhona e positiva que só enriqueceu a personagem. O romance contém além das cenas cômicas de Willon sendo ela mesma e das cenas de Kane todo desconfortável com os episódios com Willon, temos cenas bem hots entre o casal de protagonista, porque a mocinha não é nada tímida e é de bem com sua sexualidade, o que me cativou ainda mais com esta personagem.

A narrativa é muito envolvente e eu não consegui parar até chegar a última página, Susan Mallery é Diva dos romances, ela cria um relacionamento sólido que de início não tinha nada a oferecer e você só pensa que vai tudo por água abaixo, mas então ela cria situações que dão base para o relacionamento. Eu amei o jeito como a autora concluiu o romance, ela não fez coisas de outro mundo ou fugiu da realidade dos personagens, ela caminhou tudo com maestria o que me conquistou de vez. Leitura mais que recomendada!!!!

Quote:
“Além do mais, importar-se com qualquer coisa apenas tornava você uma vítima. No exército, sempre houve homens que tinham cachorros, mas Kane não era um deles.” Pág.: 41

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Em Meus Pensamentos, Bella Andre

Grayson é um cara tranquilo, que depois de uma tragédia tenta levar sua vida da melhor maneira possível, isolado numa fazendo, ele não esperava que o furacão Lori Sullivan iria colocar sua vida controlada e programada de pernas por ar.

A estória com Lori(a mazinha das gêmeas Sullivan’s), saindo de um momento turbulento de sua vida e querendo um pouco de paz e sossego, e isso se encontra no interior, numa fazenda de preferência. Por um acaso ela escolhe a fazenda de Grayson Tyler que no momento esta precisando de um ajudante nos afazeres diários do campo.
De início eu não consegui identificar direito a Lori, ela estava meio no jeito Sophie de ser, e já comecei a ler devagar, mas então conhecemos o Grayson, estilo caubói de romance de banca que adoro!!!! Ele é mal-humorado, não quer relacionamentos, muito menos que qualquer mulher se aproximasse de sua vida, e quando ele ver Lori chegando com um carro derrubando sua cerca, e sai do carro de maquiagem e salto alto, ele no mínimo surtou!!!! É um encontro meio catastrófico, mas é bem o jeito dessa Sullivan, aí depois de muitas brigas e discursões, pude identificar a mazinha que eu estava esperando em ação. Amei a personagem, ela é espontânea, impetuosa e com aquele senso de liberdade, e é também bem sensível e delicada.
Por outro lado temos totalmente o oposto; Grayson Tyler, antissocial, reservado e muito grosseiro, mas é claro que a nossa bailarina Sullivan vai amolecendo o seu coração e desvendando os segredos mais dolorosos deste fazendeiro.

Um ponto negativo que achei foi o relacionamento rápido dos dois, como sempre digo aqui nas minhas resenhas, eu acredito que as pessoas podem se “apaixonar” numa semana, tem toda aquela atração, aquela química, e enfim até aí tudo certo. Mas você já dizer “eu te amo”, é um pouco demais pra duas míseras semanas, não é? Isso foi o que me incomodou, mesmo assim vale a pena ler o livro que continua tendo uma narrativa fluída e que cativa leitores de romances.

As cenas da Lori e do Grayson foram bem divertidas, porque ela simplesmente tinha prazer em provoca-lo o que renderam muitas risadas. E claro não poderia faltar as cenas quentes de sexo entre estes dois, que no mínimo foram bem explosivas!!!!
Gostei da leitura, da estória, pra você que já acompanha a série, eu recomendo e se você ainda não conhece dá uma chance, se você gosta do gênero, porque são romances bem legais e divertidos.

Quote:

“Ela não tinha sorrido. Nem feito ou dito nada para irritá-lo. Ela simplesmente passou o recado, depois perguntou o que precisava ser feito. Era exatamente o que ele disse que queria. Mesmo assim, parecia errado.” Pág.: 88

sábado, 5 de julho de 2014

Momento Romance de Banca #13: Traição, Maya Banks

Marley sempre foi muito ingênua e sempre acreditou no amor verdadeiro, mas depois de ter traído a confiança do poderoso Chrysander Anetakis e ainda mais grávida dele, ela não sabia mais o que fazer  nem no que acreditar. Mas algo terrível acontece com Marley e ela acaba perdendo a memória, neste momento Chrysander ver a chance de se vingar dela e inventa algumas mentiras para atraí-la para sua ilha. Mas será que isso bastará para o Sr. Anetakis? Será vingança mesmo o que ele quer? E Marley, ela não é tão boba ao ponto de acreditar em tudo mesmo perdendo a memória.

A autora Maya Banks é conhecida pelos seus romances hots, mas nunca tinha lido ou visto um romance de banca escrito por ela, e sinceramente adorei a narrativa dela. Ela criou uma estória bastante envolventes e personagens bem carismáticos.
Marley é uma jovem adorável, doce e meiga, é certo que em algumas situações ela foi bastante ingênua, mas não me fez detestá-la, e muito inteligente soube lidar bem com toda a situação que caiu sobre ela. O Chrysander é aquele típico milionário egocêntrico e dominador que tudo tem que sair de acordo como ele quer. Mas ao longo da estória você vai descobrindo que o Sr. Anetakis realmente é um homem apaixonado, que me fez apaixonar por ele.
No enredo nos deparamos com várias reviravoltas, e claro refletir sobre o que é realmente certo fazer ou deixar ser guiado pelo coração quando todas as evidências apontam o contrário.

A trama toda é bem elaborada com suspense e conspirações, é previsível, mas não desmerece a leitura em momento algum, super indico a leitura divertida e emocionante deste romance.

Quote:
“ O sorriso de Marley o aqueceu por inteiro. Era como ver o sol surgir no horizonte. Ela esticou as mãos para segurar as dele.
-Venha caminhar comigo-convidou.
   Incapaz de lhe negar qualquer coisa naquele momento, ele a puxou para perto e os dois começaram a passear pela praia.” Pág.: 149