segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Resenha: Felizes para Sempre, Nora Roberts

Parker Brown sempre programou tudo em sua vida, nos mínimos detalhes até o seu futuro. Mas não contava com toda a presença de Malcolm Kavanaugh, com toda sua arrogância e determinação que aos poucos foi tomando espaço na vida de Parker, mas até quando isso pode durar? Será mesmo que vai durar?

Esse é o quarto livro da série “Quarteto de Noivas” da Nora Roberts, autora que para mim não tinha ainda caído nas graças de minha leitura, até iniciar esta série. A autora mantém seu ritmo em todos os livros, sua narrativa simples e cativante, deixa o leitor aos suspiros e não só os apaixonados, mas também lindas cenas de amizade destas quatro moças que construíram um elo tão forte como família em meio a várias intemperes e percalços nos caminhos de cada uma. A autora coloca além do par romântico o poder de uma amizade verdadeira e duradoura, que família é muito mais do que laços de sangue, mas também laços de amor puro e simples de pessoas que realmente se amam e que fazem tudo por elas.

Neste volume da série é contada a estória de Parker, como resolveu fundar a “Votos”(empresa que tem com as três amigas), como foi para esta personagem depois que uma grande tragédia abateu sua família e mudou sua vida. Ela é muito centrada, independente, muitas vezes fria e calculista com seus propósitos e acima de tudo apaixonada pelo que faz, quando ama e deposita seu amor é totalmente verdadeiro e sincero. Por Parker ser muito mandona seu par romântico não poderia ser qualquer um, mas sim um” domador de feras” que é o caso do Malcolm. No seu melhor estilo mecânico badboy numa Harley Davison, ele tenta conquistar a Srtª Brown do melhor jeito que sabe: se impondo e sendo ainda mais determinado do que ela. Gostei muito da química do casal, a autora foi perfeita em escolher este personagem para a enérgica Parker, realmente um homem a altura da poderosa protagonista.

É certo que alguns problemas no relacionamento do casal de protagonistas vão acontecer, Malcolm tem alguns fantasmas do passado que não esquece jamais, e de maneira nenhuma quer se abrir com Parker, o que dificulta muito essa relação, já que a protagonista adora estar no controle de tudo e exige(merecendo) confiança.
Podem contar com algumas cenas de sexo, divertidas e de tirar o fôlego, afinal estamos falando de um badboy muito “caliente”!!!

Uma série muito boa, para amantes do romance e pra quem ama “Finais felizes” assim como eu, livro recomendado, aliás, toda a série recomendada.

Quote:
“Ríspida e seca como um aperto de mão, pensou ele. Ele pousou o recipiente numa mesinha onde havia um vaso cheio de rosas alaranjadas. Às vezes, pensou, o melhor era agir rápido; outras, ir devagar.
                E Ele agiu rápido. Puxou-a para si de tal forma que seus corpos colidiram. O jeito como ela disse “O que isso significa?!”, como uma professora repreendendo um aluno levado, o fez sorrir antes de beijá-la.” Pág.: 44

Nenhum comentário:

Postar um comentário