segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Resenha: O Amor Não Tem Leis - O Julgamento Final, Camila Moreira

[CONTÉM SPOILLERS]
Com um desfecho desesperador, o livro anterior jogou uma bomba nas mãos dos leitores. Diego envolvido num trágico acidente e Clara dizendo a Ferraz que não poderia mais continuar a seu lado. E agora? O sofrimento de Clara não tem fim? Alexandre começa a trilhar caminhos tortuosos e bem difíceis, será um desafio conquistar novamente a mulher de sua vida.

A autora trouxe uma narrativa contagiante, envolvente e cheia de clímax. À cada capítulo novas surpresas acontecem, segredos revelados e conflitos cada vez mais constantes. Lendo, muitas vezes senti angustia dos personagens e para mim quando uma autora consegue passar isso para o leitor ela realmente conquista pela sua escrita. Os conflitos que a autora inseria na trama me deixaram mais empolgada à cada página, o livro ficou viciante. Camila Moreira continua com sua ambientação totalmente brasileira se prendendo a detalhes bem peculiares como lugares e as belas músicas totalmente brasileiras.
De início, Clara me deixa um pouco irritada com o “mimimi” ridículo que ela faz desde que terminou o primeiro livro e continua no início do segundo volume, mas ela precisava ser sacudida e a maravilhosa e temperamental Priscila Ferraz fez este favor, a cena entre as duas é bem descrita e nos passa o poder da amizade, o quanto ela pode ajudar e mudar vidas. Passado isso, Clara continua a sofrer, é claro que pelo que ela passou não é fácil, e enfim ela decide seguir em frente.
Gostei muito do Alexandre neste livro, ele faz a protagonista sofrer um pouco (mas Clara estava merecendo e muito), ele se fecha muito mesmo e isso tudo pelas tragédias que vem acontecendo em sua vida, as ameaças, seu irmão, Clara o abandonado. Mas lobo mau uma vez, sempre lobo mau. E não demora muito para Ferraz voltar à tona.
É claro que eu não posso deixar de mencionar o maravilhoso e tudo de bom Dereck Mayer que no livro anterior ganhou meu ódio eterno, mas que se transformou em muito amor por este personagem neste segundo livro, como um cafajeste de marca maior, pode ficar tão romântico e fofo sem perder o trono de badboy, este é Dereck Mayer.

O desfecho da estória é muito satisfatório e a autora ainda nos presenteia com um lindo e fofo epílogo. As ameaças que Clara e Ferraz vem sofrendo chegam ao fim com uma revelação bombástica de quem estar pro traz de tudo, sério, fiquei de queixo caído e a autora realmente me convenceu que a pessoa é totalmente “louca de pedra”!

Enfim super recomendo essa série que me conquistou desde o início, se você gosta de romances com pegada “hot” e de uma boa escrita “O Amor não tem leis” é o livro pra você, principalmente pela ambientação totalmente brasileira que já ganha seu valor.

Quote:
Trecho da música “Só Hoje, J Quest”
“Hoje preciso de você
Com qualquer humor
Com qualquer sorriso
Hoje só tua presença
Vai me deixar feliz
Só hoje!”

Pág.: 87

Nenhum comentário:

Postar um comentário