sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Resenha: Entrega Total, Raine Miller

Este é o Segundo Livro da série: O Caso Blackstone”, Ethan esta arrasado e quer conquistar a confiança de Brynne a qualquer preço, além disso quer de vez seu coração. Mas uma ameaça a vida de Brynne faz com este casal, que estavam separados, se reaproxime, mesmo contra a vontade de Brynne que esta relutante em voltar a conviver com Ethan.

A narrativa da autora é rápida e fluída, neste segundo livro o ponto de vista é todo do Ethan, achei legal esta perspectiva masculina. Ele nos apresenta sua família e ficamos conhecendo sobre a estória deste personagem que até então era enigmático. Além de se mostrar um homem decidido e controlador, ele esta apaixonado pela protagonista desta estória, e mostra todo o seu lado romântico e sensível. A leitura continua bem gostosa de ler e envolvente.

Brynne esta decidida que Ethan não é pra ela, mas embora seu coração diga o contrário, algumas situações “perigosas” e estranhas começam acontecer a sua volta e ela não vê outra alternativa a não ser conversar com Ethan. A protagonista tem um passado bem traumático e a estória chega a níveis bem perigosos, não achei forçado, na minha opinião a autora soube dosar bem esta trama perigosa com o romance do casal de protagonistas. Ethan volta mudado, pois esta apaixonado por Brynne, uma mudança em alguns comportamentos dele que gostei muito, tudo para proteger sua amada e fazer com que ela o aceite de volta.
A autora coloca muitas cenas de sexo durante a trama, que são bem “hots”, com descrições e detalhes muitos sensuais.

No final do livro temos um clímax bem empolgante que me deixou ansiosa pelo próximo volume desta série que revelará mais sobre esta possível ameaça a Brynne e claro mais sobre este casal que esta embarcando num novo estágio em seu relacionamento.

Quote:

“Sei que você vai reconhecer as palavras de Keats. Comecei a ler o livro que você gosta. Agora eu posso dizer que entendo o que ele estava tentando expressar para a senhorita Brawne, sobre como ela havia capturado o coração dele.” Pág.: 32

Um comentário: