sexta-feira, 10 de julho de 2015

Momento Romance de Banca #26: Rebeldia, Maya Banks

Theron Anetakis tinha toda sua vida sob controle, todos os passos que deveria seguir, garantir o império da família e uma vida toda programada, até chegar um problema chamado Isabella. O trabalho do grande executivo Anetakis era bem simples: encaminhar a jovem para que seu futuro fosse afortunado e seguro casando-se com o homem certo, que aumentaria sua riqueza, mas quando Theron dá de cara com Bella, tudo muda e ele se vê tentado a ser este futuro marido.

Este é o segundo livro da série da autora Maya Banks(o primeiro tem resenhado aqui no blog “Traição”), são três irmãos gregos, ricos e por que não, poderosos. Neste livro acompanhamos a estória do Theron, um homem muito seguro de si, com sua vida completamente planejada e não vendo brechas para plano B. Porém ele titubeia quando Isabella entra na sua vida com seu jeito ousado e alegre de ser. Bom para os negócios, ele tem que se casa com uma moça grega amiga da família e que o casamento dos dois já tinha sido planejado à muito tempo, sendo desejo dos pais de ambos, mas a moça em questão não tem toda aquela energia e fogo nos olhos iguais aos de Bella. E por conta disto Theron pensa duas vezes antes de fechar este contrato.
Paralelo a isto Isabella conhece a família Anetakis, que há muito tempo prometeu cuidar da jovem e da sua fortuna se o pai dela morresse e foi o que aconteceu. Bella sempre admirou Theron, desde cedo sempre fazia com que seus destinos se cruzassem e não foi diferente quando veio para Nova York, ela mudou todos os seus planos para permanecer ao lado de Theron, mas seria isso mais difícil do que convencê-lo do seu amor, ou até mais difícil fazê-lo ama-la?
Esses dois personagens centrais são bem construídos, com personalidades bem marcantes. Theron é o típico dominador, agarrado a convenções e tradições passadas e muito machista. Isabella com ousadia e muita alegria deixa o grego enfezado, irritando-o com suas atitudes que na maioria das vezes o desafia. Essas afrontas me renderam boas risadas durante a leitura, a narrativa da autora continua fluída e simples, culminando no final previsível e muito romântico.
E claro não poderia deixar de faltar cenas bem sensuais e de sexo, que não deixam vulgar, mas bem apimentada e gostosa de ler.

Um livro bem romântico, machista e com cenas que rendem boas risadas, uma escrita maravilhosa, e uma linda estória entre duas pessoas que tinham tudo para dar errado, mas que tentaram dar uma chance ao amor. Recomendado

Nenhum comentário:

Postar um comentário