domingo, 9 de março de 2014

Resenha: De volta aos quinze

                                                  http://4.bp.blogspot.com/-3YuSCLKDabo/UgpYcTA79_I/AAAAAAAAFWQ/3JOtwUXFpd4/s1600/533982_560753307315113_1426045911_n.jpg 
Bruna Vieira 
Editora Gutenberg
224 páginas



A trama gira em torno de Anita, aos 30 anos está mais infeliz possível. Mesmo realizando seu grande sonho de morar em São Paulo, ela odeia o emprego atual, arrepende-se do curso feito na faculdade e está sem apoio moral na maior parte do tempo. Quando não poderia se sentir mais fracassada, depois de um escândalo, Anita é transportada misteriosamente de volta ao passado: aos seus quinzes anos. Pela primeira vez terá a chance de mudar os erros do passado e construir um novo futuro.

Eu tive dois grandes problemas com esse livro, o primeiro e mais óbvio deles foi a protagonista. O público alvo da Bruna Vieira (a maioria) é pré-adolescente/adolescente, então fiquei surpresa com quão velha era a personagem principal. Até aí tudo bem, mas vejamos... Anita agia como uma adolescente mimizenta o tempo inteiro, bobinha, reclamando da vida e cometendo os mesmos erros de quinze anos atrás. A incoerência começou por aí e em outros carnavais aconteceu uma situação bem semelhante, logo... Não. Consigo. Lidar. Com. Isso. Ponto negativo para o livro.

O segundo ponto foi que a narrativa não me conquistou nem um pouco, muitas frases soltas que eram boas, mas ficaram perdidas no texto e algumas situações bem forçadas. Senti falta de um aprofundamento sobre o surgimento da onda de blogs no Brasil, talvez a autora aborde mais isso nos próximos livros. 

Sim, mais uma série não aguento mais. De Volta aos Quinze é o primeiro da série Meu Primeiro Blog, infelizmente, o primeiro volume não deixou uma impressão tão boa para ir correndo ler o segundo, mas o final deixou uma ponta de curiosidade sobre o que autora reservará para continuação. 

Minha opinião é que o livro vai agradar o público teen, mas se você (independente de idade) não se importar sobre tudo que falei, pode ler o livro sem problema algum. É uma leitura leve e bem jovem.


                                Fifteen by Taylor Swift on Grooveshark



3 comentários:

  1. Olá Larissa :)
    No momento, estou fugindo de protagonistas assim - mais do que nunca. O livro já não me chamava atenção, fiquei com os "dois pés atrás" agora.
    Gostei da resenha sincera!

    Beijos,
    Mi
    http://inteiramentediva.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá... vc já leu Talita Rebouças? É de matar...mas os adolescentes amam, ela é uma escritora badalada e vende pacas...Bruna Viera pode estar nesse barco. Eu não li nenhum dos dois livros dela, justamente por estar fora da faixa de idade que o livro se destina..é outra cabeça e outra cultura...mas a gutenberg está investindo pesado nela. Acho que ela tem muito potencial, leio uns textos no blog dela de vez em quando. Comprei o livro de cônicas dela, a menina que colecionava borboletas pela capa. As crônicas são bacanas e ela escreve bem, mas volto a falar, não é destinado para minha idade, então por isso acho meio "bobinho" de vez em quando.
    Grande bj!
    Renata
    http://leiturassemfim.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata, eu já li um livro da Thalita Rebouças e não curti muito. Acho que o problema nem foi pela faixa etária, pois eu leio e adoro alguns livros escritos dessa faixa (como Paula Pimenta, por exemplo). Acho que o grande problema foi Bruna tentar um romance com personagens muitos velhos, mas destinados para o público juvenil (nada a ver isso). Se ela tivesse escrito sobre alguém mais ou menos da idade dela ou próximo seria melhor.

      Confesso que só quero comprar A menina que colecionava borboletas só pela capa e as belíssimas ilustrações do miolo. haha

      Bjs!

      Excluir