Páginas

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Resenha: Confissões de um Turista profissional

Sinopse - Confissões de um turista profissional - udo o que você queria saber sobre viagens e que os guias jamais irão contar - Kiko Nogueira

Apesar de Kiko e Jota Pinto se parecerem um pouco fisicamente e andarem tão juntos que já são quase uma coisa só (os dois tem a mania insuportável de fazer uma vozinha macabra e fina que geme histericamente quando alguém conta algo tedioso), a maneira como conheci o primeiro é completamente diferente da maneira como conheci o segundo. O Kiko, eu conheci num bar da Vila Madalena, há uns 7 anos. Ele é primo de um amigo do amigo de um ex-namorado meu, que na época não era nada meu e nem estava na mesa porque eu ainda namorava o primo dele, que não era amigo de ninguém. Acho que é isso. Falei que eu escrevia e o Kiko se interessou em ler alguma coisa, daí mandei alguns textos e ele adorou. Começamos a trocar uns e-mails e nunca mais paramos.

Para quem gosta de viajar e viaja muito este livro pode ajudar bastante, no quesito se divertir ou ficar alerta sobre algumas armadilhas para turistas, em que muitas vezes acabam com toda a diversão.

De uma maneira bem humorada Kiko Nogueira fala de suas experiências turísticas  e dando dicas de aproveitar melhor suas viagens a determinados lugares.
Como eu já estava esperando, o autor falou sobre uma questão polêmica que é o turismo sexual, e não poderia deixar de fora querido Brasil. É gritante o apelo sexual que são vistos as brasileiras , pelo mundo. No país do carnaval encontra-se muito sexo fácil. O problema todo é que por causa de alguns todas pagam, e mulheres brasileiras são desrespeitadas por conta desta “propaganda” que nosso país passa para o mundo.

Nogueira também fala sobre um alerta : Artesanato. Alguns são para enganar o turista outros são realmente muito bem feitos e tem seu valor. Porque não adianta comprar um “souvenir” feio, sem qualidade, só porque é do artesanato local. Não desmerecendo o trabalho de muitos artesãos, que acho um lindo trabalho, porém em todos os ramos profissionais temos sempre pessoas querendo tirar proveito das situações, enganando  desrespeitando o próximo. Mas é claro que tem muitos bons profissionais e vale muito a pena comprar um produto feito por estes profissionais, valendo cada centavo pelo ótimo produto final.

É mais um guia para você, turista iniciante ou não. Uma leitura leve e divertida que indico para qualquer turista, viajante ou ainda você(igual a mim), que ainda não começou  a fazer as malas e nem colocar o pé na estrada.

“ Morar em Cuba é terrível. Visitar Cuba é uma volta ao passado deliciosa.”   Pág.: 57

7 comentários:

  1. Estou com esse livro na minha pilha de próximas leituras.
    Achei bem interessante e já li resenhas positivas sobre ele.

    Eu simplesmente adoro viajar, apesar de não fazer isso com a frequência que gostaria.

    Infelizmente as mulheres brasileiras são vistas negativamente mesmo. E olha que em outros países são muuuito piores. Mas enfim.

    Obrigada pela dica! Ótima resenha!

    Beijão,

    Tatha
    www.houseofchick.com

    ResponderExcluir
  2. Parece bem legal, Dany. Um guia leve e engraçado.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Hey Danny!:D
    Nossa,deve ser um ótimo guia de viagens hem:?Acredito q não só de viagens mas nos para portar-nos de maneira correta em ambientes até então nunca visitado...gostei.^^

    ResponderExcluir
  4. Parece bem engraçado, mas não me interessei ao ponto de querer lê-lo. Mas sua resenha tá otima, como sempre!

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Gostei da resenha, parece ser um livro bem divertido e descontraído, pretendo viajar em alguns meses e vou ler esse livro :D

    Abraços...

    ResponderExcluir
  6. É um livro tão fininho que chega desanimar KKK, mas lerei, pois, como eu disse, é fininho! E parece ser super divertido.

    ResponderExcluir
  7. adriana medeiros8 de junho de 2012 21:54

    Eu não gosto muito de livros de contos, mas este pareceu ser legal. Daí eu comecei a pesquisar e ler a resenha com mais atenção e me disseram que o livro podia ser bem preconceituoso e mostrar umas coisas de maneira errada.
    É uma pena, na minha opinião tinha o potencial pra ser um bom livro .

    ResponderExcluir