Páginas

sábado, 20 de novembro de 2010

Lua Azul: Os Imortais

Bem, este é o segundo livro da série: Os imortais. Ele traz a continuação de Para sempre, o qual gostei muito e devorei-o em 2 dias.
Ever e Damen estão num mar de rosas vivendo seu amor eterno e tentando consumá-lo. Porém tudo muda e Damen, "o Sr. perfeito" apaixonado por Ever, muda radicalmente transformando-se em um "maurícinho" nojento que escanteia e tira o maior sarrafo com a cara dela. Não bastando esta catástrofe amorosa, os dois únicos amigos dela Miles e Haven a ignoram rebaixando-a uma simples "colega" de turma. Ever fica desesperada com tantos fatos aterrorizantes acontecendo em sua vida e suas perguntas ficando sem respostas. A única que ela pode contar neste momento é Ava, a médium que a ajudou com Riley, porém chega um momento em que Ava fica meio perdida e novamente a Srta. Bloom se vê sozinha.

Nesta narrativa encontramos um novo personagem Roman, o qual Ever tem 99% de certeza ser ele o causador de todas essas mudanças, e ele também é um imortal.Ele é um cara bonitão, galanteador, dono de um charme contagiante e novo aluno na escola. Ele coage Ever o tempo inteiro com suas insinuações e ameaças, um tanto sutis, será mesmo ele um vilão?
Ao longo do livro a personagem principal vai ter que se virar sozinha, aprendendo como lidar com a imortalidade e seus poderes, e claro com este novo fato: viver para sempre sem o amor de sua vida. será que Damen será um mortal ridículo, andando em companhia com as "populares cabeças de vento" como a Stacia Miller? Não sei vocês, mas eu espero o nosso final feliz das românticas, sabendo que não vai ser tão feliz assim, pois é uma série e haverá continuação.

Desta vez Ever Bloom vislumbra a chance de mudar tudo, como se o acidente que matou sua família nunca tivesse acontecido, mas a conseqüência disto será abrir mão de Damen seu grande amor. Será que ela renunciará ele para ter sua família e sua vida normal de uma simples mortal de volta?

Sinceramente demorei muito tempo para lê-lo, achei muito exaustivo este tempo de Ever e Damen separados é ainda mais longo que Bella e Edward em "Lua nova". Achei a narrativa muito cansativa e francamente a autora enrolou muito para chegar ao fim, ao ponto de querer abandonar a leitura (detalhe que é muito difícil para acontecer quando eu leio), no meu ponto de vista Alyson Noel deixou muito a desejar nas explicações, não sei se foi intencional para que os leitores se sentisse como Ever, se foi comigo funcionou. Confesso que não recomendo, mas se você começou "Para sempre" tem que continuar, pelo menos eu penso assim. até que no finalzinho do livro dá uma animada, porém não salva o livro, só dá um UP!. Só espero que "Terra de sombras" a continuação retome a empolgação do primeiro livro deste romance, porque comparado com o segundo livro, pra mim caiu da escala 9 para 1.

4 comentários:

  1. Para mim o melhor livro desta serie é Para sempre, Lua azul sinceramente foi brochante, confesso que o início estava indo tudo bem, mas quando as paginas foram passando e aquela história toda com o Roman, ai detestei, mas como eu sempre digo isso é apenas a minha opinião.

    ResponderExcluir
  2. Exatamente isso que você falou,esse livro é extremamente exaustivo, como havia dito na resenha de Para sempre, eu abandonei essa saga no 3 livro se não me engano, porque literalmente "cansou". Lua azul é um livro de clima muito "tenso", o que chega a passar dos limites, deixando assim a desanimação nos leitores e possivelmente dando chances para que abandonem a saga.

    ResponderExcluir
  3. Paula Camargo Souza8 de agosto de 2012 10:11

    Também não gostei muito não,fui toda impolgada para ler Lua azul pensando que seria tão co quanto o anterior,mas foi decepcionante

    ResponderExcluir
  4. Como falei, não li nada da autora ainda, mas vontade é o que não falta. Parece ser mt bom.

    ResponderExcluir