Páginas

domingo, 7 de novembro de 2010

Amante Sombrio

É uma história que nela você encontra ação, sangue e luxuria (muita), que eu considero uma leitura erótica.

Este livro é bem diferente de muitas narrativas que li, onde o personagem principal é um só e o mesmo narra a história, porém em "Amante Sombrio" temos vários narradores que diversifica e uma história intrigante vista por diversos pontos de vista.

A heroína do livro é uma jovem jornalista de 25 anos órfã, que sua personalidade é uma mistura de mulher padrão da sociedade e a mulher ousada cheia de atitude, que qualquer uma gostaria de ser. A diferença entre estes dois tipos pode ser bem definida nos primeiros 10 capítulos do livro. A primeira é um trecho no início da narrativa, a qual sofre uma tentativa de estupro e após ela se sente envergonhada, com o orgulho ferido e com medo da sociedade e de ir à delegacia para prestar queixa, com receio do que iriam pensar. A mulher ousada ( que na minha opinião é totalmente hostilizada pela sociedade), que Beth coloca pra fora na primeira noite de sexo com Wrath. Neste momento ela se desinibe de padrões e regras da "boa moça" impostas pela sociedade e se esbalda de todo o prazer que esta relação entre eles foi proporcionada.

À respeito de Wrath, podemos dizer que ele é o típico vampiro badboy que não dá a mínima pra sua vida e a dos outros(vampiros ou não), mas tudo muda quando ele encontra Elizabeth, pela qual se apaixona e à ama de todas as formas possíveis. Ele é um vampiro rei, por ser de sangue puro, mas nunca quis exercer esta posição de rei devido à problemas em sua transição para vampiro.

A cidade esta sob uma guerra silenciosa, que deixa de lado sua descrição tomando proporções à chamar a atenção dos humanos. Esta guerra é de vampiros contra os redutores (humanos que perderam a alma e vivem em constante combate com os vampiros, para erradicar esta raça). Esses redutores são liderados por Ômega, um ser sinistro que mete medo em seus próprios liderados. A história desenrola-se em meios à batalhas travadas entre estes dois grupos.

Recomendo ler este livro (se você for maior de 18 anos, não querendo ser politicamente correta), pois temos ingredientes fundamentais para uma narrativa que prende a atenção do leitor até o final e deixa-nos com gostinho de quero mais, são eles: paixão, aventura, suspense, ficção e ação. Gostei desta nova abordagem de apresentar os vampiros, que são bem diferentes dos demais, principalmente os da Saga: Crepúsculo(fadas que brilham no sol).

7 comentários:

  1. uiuiui!!!
    heheheh

    Eu serei a próxima a ler este livro!! \o/
    Agora eu vou demorar um pouquinho, pq tô atolada de leitura aqui no trabalho, tu sabe! ehehehehe

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Hum! Eu li um trecho e adorei!!!
    Gostei da forma como as cenas sensuais foram colocadas no papel.

    ResponderExcluir
  4. Olha, eu peguei para ler o Amante Sombrio e, confesso, achei beeem fraquinho (pelo menos no inicio... Nem cheguei na página 120, mas não me prendeu)
    Olha, Mi, mesmo tu não dando spoiler, não fico com muita vontade de ler a série. Acho que não rolou a química entre eu e a J.R. Ward (mas, como você disse, ela escreve bem mesmo).
    Acho que foi o tema que não me incentivou a levar a leitura. Estou cansado de vampiros, rsrs

    ResponderExcluir
  5. Um tipo de história bem manjada de luta de vampiros com humanos no meio mas escrita de uma forma diferente e bem mais apimentada. O que é ótimo, variar a leitura em todos os aspectos pode trazer agradáveis surpresas. Com certeza um livro que merece ir para a lista de aquisições.

    ResponderExcluir
  6. Paula Camargo Souza8 de agosto de 2012 10:18

    Ah não gostei muito desse livro não,uma estória muito dramática,realmente não faz meu estilo literário!

    ResponderExcluir
  7. Quase comprei um dessa série, mas estava carinho. Mas tenho muita curiosidade para ler.

    ResponderExcluir