domingo, 19 de fevereiro de 2017

O Clube dos Canalhas, Sarah Maclean - 4 Livros, 1 Resenha (sem spoilers)


Na Londres do séc. 19, onde cassinos faziam a cabeça de “grandes homens” da sociedade em suas noitadas, surgiu o Anjo Caído. Um clube para cavalheiros onde a jogatina, bebidas e prostituição reinavam nas noites de Londres. Seus proprietários: Bourne, Cross, Temple e Chase, são conhecidos pelo passado decadente em que chegaram ao fundo do poço, se reergueram com o sucesso do clube tornando-se os homens poderosos no país. Esse é o cenário da maior parte de cada livro, que explora muito a vingança, e como o amor e o ódio são separados por uma linha muito tênue.
Além de contar com fatos da época temos muitas cenas sensuais, bem ousadas para época, mas que tem seu valor na trama de cada livro, afinal são canalhas e não poderia faltar libertinagem com suas amadas, além de amor e a paixão que não poderia faltar, apimentando as cenas.

Os quatro livros são romances de época em que o foco principal é o casal, mas não impediu a autora de trazer alguns fatos sobre costumes e como era a vida da sociedade Londrina no século 19. Detalhes em que a autora pesquisou tornando a cena mais crível no romance. Em todos os livros, ao final, a autora faz suas observações, explicando porque colocou certo costume ou fato da época e como pesquisou, e adaptou à estória.
Sarah Maclean ainda nos presenteia com um maravilhoso epílogo, deixando esta leitora aqui com sorriso bobo ao final de cada leitura.

Todos os livros sempre fala sobre o machismo da época, em contraponto nos apresenta mocinhas dando os primeiros passos do feminismo e assim fazendo críticas em como a sociedade da época objetivavam e humilhavam as mulheres, o que faz esta leitora pensar que não mudou tanto e que temos um longo caminho a conquistar ainda.
As protagonistas em cada livro, começam a dar seus primeiros passos do “girlpower”, sendo melhor desenvolvido no quarto livro da série pela personagem Georgianna, que foi excluída da sociedade por um escândalo, que mesmo sendo filha e irmã de Duques virou escárnio da sociedade “corretíssima” do século 19. A cada página deste último livro da série lemos Georgianna lutando pela sua independência e volta aos círculos sociais, que não é nada fácil. Sarah Maclean ainda nos traz discussões bem interessantes sobre segredos e mentiras, que prolongados por muito tempo podem destruir e construir pessoas para o mal.

Tema bastante presente em todos os livros da série é a vingança e o ódio que a alimenta. Nossos protagonistas travaram verdadeiras batalhas internas para que esse mal, raiva e mágoa não os consumissem, destruindo-os. Não deixando seus personagens se perder, lembrando-os quem realmente são e que mais vale é o amor e não esta amargura de anos.
                 https://cleidescully.files.wordpress.com/2015/07/patronmithrandir-tumblr-com.gif?w=780

De início os casais sofrem muito, se destruindo por tanto ressentimento num fogo cruzado entre eles, que parece não ter mais fim. Principalmente suas mocinhas que sofrem profundamente por serem humilhadas e desprezadas por homens sedentos de vingança.

"Ele havia se casado com ela por suas terras e nada mais. E não importava que ele a houvesse tocado e a feito sentir coisas que ela jamais imaginou que um corpo fosse capaz de sentir. No fim, aquele era precisamente o tipo de casamento que ela havia sido criada para ter  um casamento de conveniência. Um casamento de dever e de propriedade. E ele havia deixado isso mais do que claro." Pág.: 89  - Entre o Amor e a Vingança, Sarah Maclean.

Penélope Marbury, protagonista do primeiro livro, sofre muito por ser o instrumento de vingança do Marquês de Bourne, chega a um ponto tão cruel em que o leitor quer bater em Bourne e salvar Penélope. A Phillipa, irmã da protagonista do primeiro livro, cai de paraquedas na vingança de Cross, protagonista do segundo livro, e sobra respingo nela também de toda essa lama que ele quer jogar. “Pippa” é uma mulher muito inteligente, determinada e vista como estranha por todos. Cross é muito tentado por esta inteligência, sensibilidade e beleza da mocinha e tenta resistir com todas as suas forças, quase perdendo o amor de sua vida por vingança e orgulho.

"Ele tinha acabado de falar quando seus olhos pararam na figura solitária abaixo, no centro do cassino, a única pessoa em todo o salão que não se mexia. É claro. Ela estava sempre em uma viagem separada do resto do universo - o planeta cuja órbita era contrária, o sol que nascia no oeste." Pág.: 203 - Entre o Desejo e a Culpa, Sarah Maclean.
 
Temple e Mara, foram um casal bem complexo, segredos do passado atormentavam Temple e só Mara tinha respostas, porém se negava a dizê-las. É um jogo de cão e gato que prende o leitor desesperado por saber o que diabos aconteceu com Temple, na noite fatídica que ele ficou conhecido como o “Duque Assassino”! Ficou curioso? Leia série!!

"Ela tinha passado tanto tempo sozinha que resistia automaticamente à ideia de que alguém pudesse lhe oferecer ajuda sem esperar algum tipo de pagamento. Ou, pior, sem querer se tornar parte da sua vida." Pág.: 85 - Entre a Ruína e a Paixão, Sarah Maclean.

Como falei antes, no quarto livro temos muita discussão de direitos e deveres das mulheres para com a sociedade, homens, nunca ao contrário.

"Era a beleza que tornava o escândalo tão envolvente - afinal, se Eva não fosse tão linda, quem sabe a serpente não a teria deixado em paz. Mas foi Eva quem se tornou a vilã da história, não a serpente. Assim como era a mulher é quem perdia a honra, nunca o homem." Pág.: 44 - Nunca julgue uma Dama pela Aparência, Sarah Maclean.

O casal protagonista tem estórias bem complicadas, delicadas, passados sombrios, misteriosos e muito doloridos. Segredos e mentiras que os separam e ao mesmo tempo os une. A protagonista sofre demais ao longo de sua jornada, interpretando papéis e máscaras para sobreviver e seu par romântico fazendo o mesmo para continuar a viver. No final quando o segredo de West é revelado, esta leitora aqui chorou pelo personagem de tão triste e cruel que foi seu passado.
                               http://24.media.tumblr.com/tumblr_lpte0uvvzO1r0uf30o1_500.gif


Contudo avalio os livros da série com 5 estrelas e favoritados, todos os quatro livros, sem desmerecer nenhum. Todos tiveram suas peculiaridades, todos muito interessantes e envolventes ao mesmo tempo. Tramas bem construídas, personagens desenvolvidos com maestria e casais muito apaixonantes. Leitura obrigatória para fãs do gênero e recomendo para quem quer se aventurar nos romances/drama da Sarah Maclean.

Um comentário:

  1. Estou adorando a série! Os personagens são muito envolventes e arrasadores. Você se zanga ao mesmo tempo que apoia a vingança...você torce e sofre com as inevitáveis dificuldades, mas também se sente exultosa com os desfechos dos amados casais! Amei a indicação. <3 Rumo ao quarto livro...

    ResponderExcluir