Páginas

quinta-feira, 29 de março de 2012

Filme: Uma Carta de Amor


Theresa Osborne é uma jornalista que vive em Chicago, divorciada e tem um filho. Ela esta correndo pela praia quando encontra uma garrafa e dentro dela uma carta intitulada: “Dear Catherine”. A estória é publicada no jornal, contra a vontade de Theresa, e tem grande repercussão. Inúmeras pessoas escrevem ao jornal sobre a matéria e dentre elas uma pessoa achou outra garrafa com uma carta e o mesmo título. Depois um terceira carta é encontrada, mas com certas diferenças do padrão, parecendo uma oração, porém com o mesmo papel, escrito com a mesma máquina de escrever e mesma garrafa. Intrigada com as cartas a jornalista decide fazer sua pesquisa e desvendar a estória e as pessoas envolvidas.
Então ela conhece Garret Blake, que trabalha como restaurador de barcos, viúvo e autor das cartas, as quais Theresa encontrou. Com o tempo ela conhece mais sobre a vida de Garret e descobre que Catherine foi sua esposa que morreu a três anos, mas seu amor por ela continua vivo.

O filme é baseado no romance de Nicholas Sparks, trazendo temáticas fortes e com elementos comuns na maioria de suas obras: Amor Impossível, Morte, Cartas e Praia.
Os personagens principais são pessoas marcadas fortemente pela dor. Garret perdeu sua amada esposa se fechando em seu mundo. Theresa viu seu mundo cair quando descobriu a traição do marido, divorciando-se dele. Ela decidiu fechar seu coração e não acredita mais no amor, sua dedicação é ao filho e trabalho. Porém o encontro de Garret e Theresa os proporcionam novas perspectivas para suas vidas, será que se permitirão amar novamente?
Temas muito reflexivos como: um amor interrompido pela morte e como saber o que devemos guardar e o que temos que deixar ir daquela pessoa tão amada que morreu. Neste romance podemos ver e sentir a dificuldade em superar um trauma e continuar sua vida, quando o luto chega ao fim? Quando estarei pronto para viver novas experiências? São questões abordadas no filme.
Como já encontrei em outras adaptações e livros do Sparks, outro tema revelado é a difícil relação entre Pai e Filho, respectivamente Dodge(interpretado por Paul Newman) e Garret (interpretado por Kevin Costner), o complicado dia a dia deles e porque de tanta briga.

Um ponto interessante que achei no filme foi a personagem Theresa auto analisar-se, quando criticamos e cobramos das pessoas, seja responsabilidades, carinho, atenção, honestidade e verdade; e o quanto podemos não cumprir com o que exigimos. Quando nos transformamos no que mais desprezamos e detestamos, e quando finalmente é percebido através de atitudes, dolorosamente caímos em nossas fragilidades e vulnerabilidades. E disto a personagem nos ensina a pensar muito bem, antes de julgar e cobrar das pessoas.

O filme tem sua dose bem realista com um final emocionante, as cartas são muito tocantes e podem te fazer chorar. Indico que assista e reflita sobre esta estória comovente.

Assista ao trailer:

16 comentários:

  1. Quero ver! Mas vou ver com a caixinha de lenços do lado porque pela resenha, emoção tem de sobra!

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Que filme lindo, eu amo este tipo de filme ^^

    Beijoss
    Passa no blog,
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/
    Te espero la

    ResponderExcluir
  3. Só desobri que esse filme era baseado no livro do Nicholas muitos anos depois. (Y)

    Os livros "adultos" do Nicholas Spark são mara, ne? Só não gosto os livros "adolescente" dele.. hehehe

    ResponderExcluir
  4. Aaaahhhh Dany!
    Depois que vc falou dele, tenho que ver, né? Afinal, é baseado em Sparks! =P
    Vou preparar o lenço! =D

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Ah, depois do evento fiquei ainda mais curioso com esse filme. Sem contar que é baseado em uma obra do Sparks, né?! hehe...
    Adorei a resenha, você conseguiu transmitir parte da emoção do filme. ;)

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Depois de tudo o que você falou, quero muito ver o filme.
    Que bom que você postou mais uma crítica de filme. Sabe que eu adoro, né?

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Irei ficar dois dias sozinho, trancado no quarto, com meus doces e meu refri assistindo filmes... boa dica :)

    ResponderExcluir
  8. Que lindo deve ser esse filme *vou assistir* uma mensagem na garrafa que coisa mais perfeita! *-*

    ResponderExcluir
  9. Esse filme parece ser lindo *-*
    ótimo para chorar, bom para repensar sobre alguns momentos de nossas vidas. E ainda por cima é baseado num livro do Nicholas Sparks, então já tem minha atenção. Vou assistir um dia desses quando não estiver muito triste, para evitar lágrimas a mais :)
    Obrigada pela ótima indicação de filme!!

    Abraços...

    ResponderExcluir
  10. Esse filme realmente é lindo!
    As adaptações dos livros de Nicholas Sparks sempre me emociona muito,sempre são bem fieis ao texto! Não me canso de ver!

    ResponderExcluir
  11. ler faz a pessoa ir além de seus horizontes... eu gostei muito do livro!

    ResponderExcluir
  12. Alguém tem algum link do filme para assistir online?? quero muito ver, sou apaixonadas pelas histórias do Nicholas Sparks, mas não acho esse filme em nenhum site... se alguem puder me ajudar, eu ficaria muito feliz!! ;)

    ResponderExcluir
  13. Olá, eu tenho o filme querida! Se você quiser mande seu endereço e lhe mandarei uma cópia em DVD. Meu email é

    ac.vallim@hotmail.com

    moro no interior de SP e seria um prazer mandar-lhe o DVD. O filme é maravilhoso e será um dos mais importantes que verá. Bj

    ResponderExcluir
  14. Lindo filme, mas o final é uma decepção. Final triste e ridiculo. Pois na minha humilde opinião o casal merecia viver esta história de amor que foi interrompida pela morte de Garret.

    ResponderExcluir